sexta-feira, 29 de abril de 2016

Efemérides

Oi, oi, passou o 25 de Abril, onde vai!

E já está aí o primeiro de Maio e eu com estes pelos! Argh!

Pois nada, eu na minha, monotema: passam os dias, as romarias e as efemérides todas e como sempre a vê-las vir. E deixá-las ir, como dizia não sei quem. Argh!

Agora, o que sim sei é o que (ao tempo que me prometo a meia voz, não seja que me ouça, que chega de resignação...) estou a berrar com este postinho a trasmão: "nem janeiras, quanto mais abril"!

Pelo menos, aproveito para compartir uma das minhas últimas músicas preferidas:



Um fandango ensaiadinho - B Fachada


_________________________
E este homem de concerto manhã na Corunha e eu aqui! Argh! 
Aproveite quem puder!

domingo, 3 de abril de 2016

Alá vaias Março, Marceiro

Fotisca minha.
Ai, já cheguei tarde a Março! Isso si, a mim chegou-me de tão de repente que quase quase me deixou ressaca!

Chegou cunha potencia inusitada nos últimos tempos e a hibernação deu lugar a um surto de atividade que me pilhou desprevenida e nas Quimbambas.

Tanta energia já não a acordava o meu corpinho. Que as fai e as paga ---e ainda bem que vai fazendo alguma cousa!


Por outro lado, descobri músicas novas, o que não era sem tempo, e agora não há quem me pare. Março louco e Abril não pouco!



Tempo para cantar - B Fachada

Veremos como vai.

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Freudian slip

To-
das
e
ca-
da
uma
das vezes que escuto essa música (maa-raa-vi-lhoo-sa, cara!) e começo a cantarolar para mim, e para o que der e vier, sempresempresempre digo "das coisas que aprendi nos livros". Sempre! Que pareço tonta, caramba.




E, sinceramente, muito jeito não che vos tem porque aprender tampouco é que aprendesse tanto, mas toda desculpa é boa para ouvir a estremecedora interpretação da Elis Regina uma e outra e outra e outra e outra e outra e outra vez. Tamanha emoção!!

sábado, 9 de agosto de 2014

Anos

Cremes anti-rugas, tintes, prozacs, valiums... a tudo i(re)mos chegando, parece; com mais pena que glória, digo, por nom estar calada.

Nom marchem(os), depois dos seguintes minutos musicales seguiremos coa programaçom habitual.