sábado, 1 de novembro de 2008

Meme dos prazeres

Quando um se pom a pensar nestas cousas, resulta estranho ao princípio constatar como se misturam os pequenos prazeres com o que a um lhe dá prazer e com as cousas que um gosta de fazer e até com as que gostaria! Parece que fosse difícil discernir... E é-o, portanto a falta de algo melhor poderia dizer que 6 dos meus prazeres pequenos som estes:
1. Remolonear na cama qualquer dia, sacar o alarme do movel o fim de semana e dormir até que me apetecer.
2. Que me tranquilizem ("nom te estresses", "tranquiiila") calmadamente, enquanto impaciente e nervosa eu (e mesmo as vezes em que estou tranquila —e ando um pouco teatreira); que me chamem polo nome.
3. Falar com gente que me fai ver o mundo de outra perspectiva, que me aprende cousas e que me fai questionar o conhecido.
4. Tomar café morno mas com as maos quecidas polo caneco depois de comer.
5. Que nos deam ataques de risa no trabalho tedioso, aborrecido, cansativo e absorvente que temos que fazer ultimamente.
6. Atopar, nomeadamente à posta, a imagem perfeita para ilustrar 1 post ou, de casualidade nomeadamente, atopar poemas/textos perfeitos para ilustrar-me a mim. E a interactividade nos blogues: comentário pra aqui, pra ali e comunicaçom (mesmo que ténue às vezes).

Ok, fixem trampa. Metim dous por um nalguns pontos, mas também o ponto 5 é só temporário e recente, o 2 acontece nom demasiadas vezes e o 4 cada vez menos.
Enquanto pensava os prazeres, tamém me lembrei, por des-analogia, das pequenas desgraças quotidianas, que, logicamente, nom têm graça (ainda que sim induvidável interesse). O bom é que também me lembrou que deveria retomar um dia destes a campanha para a alegria!
De todos modos, como penso que falar de prazeres é um exercício agradável e necessário neste mundo onde parece que todo som queixas, nomino a L&M ou M&L, paideleo, aultrenarai e a selvadeesmelle e, em geral, a quem quiser falar de cousas bonitas.

________________
Esquecia-me... como se di "remolonear" em galego? Ou nom se di?

10 comentários:

Sun Iou Miou disse...

Boa! Boa! Boa!

Pois, ainda bem não há meme das tristezas, que a gente não acabávamos mais.

Sei que não adianta, mas o único que me vem à cabeça é, relacionado com essa expressão é "langrán", "langranear" (o verbo, menos), mas imagino que já o pensaste e não dá... Vou continuar a pensar.

peke disse...

Tamén vale lacazanear.

condado disse...

remolonear paréceme molona mesmo

La queue bleue disse...

Sun, a mim relacionado vem-me à cabeça "arriba, que já passarom as leiteiras!" :D

Si, lacaçanear poderia valer, Peke. Mas haverá outro?

É, Condado, remolonear mola tanto que igual deviamos importar a palavra sem complexos e ala! :P

paideleo disse...

Pois dáme uns días para pensar en praceres confesables.

LM disse...

vadiar, vagabundear, fazer o nugalham, o preguizos@... ummm... temos montes de verbos para descrever a mesma coisa. por que será?
beijos

La queue bleue disse...

Hahahha paideleo! Já che ia dizer que os inconfesáveis som os que tinham que ir de primeirinhos, mas a verdade é que eu também tivem que pensar os aptos para todos os públicos ;)

La queue bleue disse...

LM, é a mesma cousa mas nom é, falta-lhe o matiz, mas, bom, suponho que o matiz vem dado polo contexto. :)

aultre_narai disse...

^^

a ver que se me ocorre...! ultimamente navego máis, ou interactúo máis non mundo dos flogs!

obrigada por te lembrares de min

xDDD

X disse...

Xa colguei os meus praceres :)