domingo, 11 de fevereiro de 2007

Sobre conselhos.

Nom-gos-to-de-que-me-or-ga-ni-zem-a-vi-da.

Nomgostodequemeorganizemavida!

N-o-m-g-o-s-t-o-d-e-q-u-e-m-e-o-r-g-a-n-i-z-e-m-a-v-i-d-a.


Cadaquém tem o seu ritmo.


(E eu nom gosto de que me organizem a vidaaaa!!!)




(Imagem daqui.)

13 comentários:

XurxoCimadeVila disse...

eu nom gosto de que organizarme a vida.... e mais emocionante, a cada paso vaste atopando cunha cousa distinta... ainda que tem uns riscos...

La queue bleue disse...

:)
É certo o que dis. mMs o meu nom ia por aí, senom porque nom agueeeeento, nom suporto que me digam o que pensam que devo fazer ou como pensam que devo fazer, tanto na vida, como aparcando o coche ou indo de compras ou escolhendo um caminho. Se nom sei, já aprenderei, mas quero ser eu a enganar-me. Ás vezes até se agradecem os conselhos, mas essa sensaçom de que mandem em ti... "E fai assi e fai assado", "E era-che melhor fazer tal cousa", "E porque nom fás isto ou o outro, nom sei, eu digo-o por ti, porque te vejo que tal", " E gira para a esquerda, e dá-lhe agora um pouco para a direita, só um pouco!!! Marcha atrás agora, e agora pa diante, mas gira as rodas", "E porque nom vás por tal rua, é melhor pq tal e pq qual", GRRRRRRRRR!!
Hehehehe, nota-se que nom o aturo, eh. Obviamente depende do tom, da atitude de quem o diga, mas... foda-se! Nom gosto de que as demais pessoas pensem que sabem mais da minha vida que eu própria e realmente nem de la misa la mitá! :P

XurxoCimadeVila disse...

bueno, eu dese tipo de conselhos moitas veces pasei como da merda... nunca lhe figem caso e as veces penso que asi me vai, pero bueno como som incorrigible....
em canto o do nome dicirche q o nome é bonito, e que eu nom sei como es ti, mas bom terei q te crer, ou nom?

homedareia disse...

pois :)

XurxoCimadeVila disse...

claro que mola mais respostar assi! que por certo abandonamos a correspondencia aquela q tinhamos sobre non sei que debate... pero bueno, tempus fugit!
eso de enganar ja o advirtes, e o que avisa non é traidor.. hehehe.

"Tô te explicando pra te confundir; tô te confundindo pra te esclarecer; tô iluminado pra poder cegar" ti

La queue bleue disse...

Efectivamente, o que avisa nom é traidor :P
Isso é parte da letra d1 cançom de Tom Zé, um músico brasuca. Mas si, as cousas que nos gostam sempre som um pouco nós.
E tu? Políticas seguro que nom está tam mal, mesmo para poetas.

XurxoCimadeVila disse...

politicas... politicas a min polo menos fijome perder o idealismo na politica ou nos politicos.. o caso é que esta bem, tem um pouco de tudo e faina interesante. em canto o de poeta, mais bem som um amago de poeta ou umha aspiraçom ou se cadra nem isso. para chamarse poeta hai que ser mais orijinal do que som eu e melhor do que eu o son. ainda que umha vez nom sei a quem lhe oin que todo é poesia e que calquera pode ser poeta e suponho que tinha raçom.
as veces a mellor politica é a poesia, e a mellor poesia é a politica... tudo esta em tudo... vai palha mental me montei.

La queue bleue disse...

Poetas somos todos, bonitos somos todos, políticos somos todos. XD
Se che fixo falta estudar políticas para perder a fé... mui inocente me eras, menino. :)
Ou será que eu fum céptica de toda a vida, esvarando para cínica por vezes :P
Para chamar-se poeta nom hai que ser nada! Nom hai mais q mirar no "panorama" literario (ou até blogueiro!!!) actual. :P

E ti: "Ou se cadra nem isso" :)

XurxoCimadeVila disse...

o escepticismo carece moitas veces de fundamento.a inocencia é um mal igual o do escepticismo, e nunca se debe estar no medio dos dous ;)

a poesia é a filha corda dunha nai e un pai tolos: a mente e o desejo.

e cal é o teu "panorama"?

E el: "pois :)"

La queue bleue disse...

Carinho, som atitudes de vida. E antes de ser céptica, fum inocente. :P
A poesia nom é nada. Conotaçons e ritmo, se quadra. Outras vezes simplesmente é o que nos dizem que é.
Coma todo.
Panorama? Eu disso nom ghasto. Qdo ando, é nas margens, e nem sempre ando.
E nada.

XurxoCimadeVila disse...

hehehe. Coraçom, estaba a falar em termos mais jerais, das ideas em si de inocencia e escepticismo.eu penso que é algo, mais nom sei moi bem como definilo, cando atope a definicion ja cha direi.
digo eu que algo faras nesta vida... eu estudo politicas, non é nada serio pero é algo.

La queue bleue disse...

:)
Eu também falava em geral, hó.
E nesta vida... fago pouca cousa e fago menos o parvo do que deveria fazer! Em geral, fago menos cousas do que deveria, mas que mais tem, o dever, o fazer... é tudo ritmos...
:) Quanto a cousas sérias ou nom, quem di o que é sério ou nom? (típica pergunta tua, hehehe)
Ai, que abstracto se está pondo isto!! Nom pega coa minha frivolidade :P

XurxoCimadeVila disse...

e que eu som um abstracto empedernido! que a seriedade nom exista!