segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Dixerom-me que o inverno se vai, que os dias som cada vez mais longos. Nom sei. Eu som essencialmente dramática e as pequenas mudanças resultam-me dumha impossibilidade qual minimalismo.
As noites seica se fam pequenas pequenas, os amantes perdem horas e as minhas inclinaçons e afectos diminuem com um leve toque crepuscular e um certo ar apocalíptico.
Disque a primavera vai vir, pero eu nom sei se crê-lo.



[Imagem]

6 comentários:

X disse...

Oxalá non sexa certo, aínda non estou preparada.

peke disse...

O meu barómetro interior dime que a primavera aínda non chega; se cadra dentro de quince días ou un mes.

Kaplan disse...

tranquilas todas: antes de marzo, de primavera nada.

aultre narai disse...

a min estes cambios de tempo mátanme...

e aí vén o entroido!!

Anónimo disse...

http://blogs.20minutos.es/nilibreniocupado/post/2008/01/23/vox-populi-cuarta-entraaaa-

La queue bleue disse...

Oh, dior mio, dior mio!!!! :O

Isso é quase a minha ideologia automovilística! Aiiiii... os minis... Que me emociono! :D

Anónimo, anónimo, que referências minhas você tem?! E de quem vem sendo? ¬¬
[Mas graças, adorei!! :D ]

[E à parte, precisamente estava eu pensando em fazer 1 post relacionado parcialmente com coches!]